Toldos BH
|| Regiões Atendidas || Região do Belvedere, Nova Lima, Rio Acima, Alfaville
Regiões Atendidas

Região do Belvedere, Nova Lima, Rio Acima, Alfaville

Belvedere

Tem toldo no Belvedere, você sabia?

É um bairro nobre de Belo Horizonte, de classe alta, que cresceu em torno do BH Shopping.

Consoante recente pesquisa realizada pelo IBGE é o bairro mais rico de Belo Horizonte, com a maior renda mensal média entre os moradores. É o bairro mais alto da cidade, variando de 1.100 a 1.270 metros de altitude e possui um clima bem mais ameno que o do centro da cidade, situado a 850m de altitude.

Exatamente como o vizinho bairro Mangabeiras, possui uma espetacular vista da cidade. Limita-se, também, com os bairros Vale do Sereno e Vila da Serra, já no município de Nova Lima. Divide-se em Belvedere I, II e III.

As duas primeiras etapas tiveram como Urbanista o arquiteto Ney Werneck, e compreende uma ampla área de ocupação horizontal, com edificações baixas. A terceira etapa se caracteriza por intensa verticalização, com grandes torres próximas à área conhecida como Lagoa Seca.

Ruas largas, jardins, urbanismo impecável, todas as ruas com calçadas portuguesas, vista para a cidade, clima de montanha, um comércio forte concentrado na Rua Luiz Paulo Franco, inúmeros bancos, galerias, clínicas, supermercados, restaurantes, ao lado de dois hospitais (no Vila da Serra), dão ao bairro uma completa infraestrutura, fatores que atraem investidores. Trata-se do bairro com maior renda média mensal da cidade.

Nova Lima

Tem toldo em Nova Lima, você sabia?

Sua história remonta ao fim do século XVII, quando o bandeirante paulista Domingos Rodrigues da Fonseca Leme chega em busca do ouro. A ele, seguiram-se outros aventureiros, dando origem a um povoamento na região. Por volta de 1708, já havia uma capela dedicada a Nossa Senhora do Pilar — a padroeira da cidade —, e na década de 1720 surgiram engenhos e concessões para a exploração mineral.  A Igreja do Senhor do Bonfim, de 1720, atualmente tombada pelo Conselho Consultivo Municipal de Patrimônio Histórico e Artístico de Nova Lima, também marca o início da ocupação da região

A primeira denominação dada ao local foi a de Campos de Congonhas. Com a expansão das faisqueiras, passou a ser conhecido por Congonhas das Minas de Ouro (pela quantidade de ouro encontrada na cidade), abrigando a população que trabalhava em diversas minas como Bela Fama, Cachaça, Vieira e Urubu.

Em 1748 o arraial é elevado à condição de freguesia, e em 1836 é criado o distrito, subordinado ao município de Sabará, com o nome de Congonhas de Sabará.

Ao passo em que o século XVIII foi o auge do ciclo do ouro no estado de Minas Gerais, e da maior era de prosperidade de cidades como Ouro Preto e Mariana, o grande período de efervescência de Nova Lima se deu a partir de 1834. Nesse ano, a companhia inglesa Saint John del Rey Mining Company comprou a antiga mina de Morro Velho e, a partir de então, a exploração da mina passou a ser feita de forma mais organizada e com tecnologias até então pouco comuns no Brasil para a atividade. Com isso, a produtividade da mina aumentou vertiginosamente a sua produção, chegando a ser responsável, em 1879, por 83% do ouro exportado pela província de Minas Gerais.

A presença da cultura britânica na região é explicada pela vinda de imigrantes quando da compra da mina de Morro Velho pela Saint John del Rey. Com eles, veio também o Anglicanismo, religião ainda forte no município. Outro exemplo claro de influência inglesa é a “Queca”, sobremesa da cidade muito comum, sobretudo, na época do Natal. Na verdade, trata-se do tradicional bolo inglês Christmas Cake, de frutas cristalizadas, sendo que o termo “queca” é um aportuguesamento de cake (bolo em inglês). Tradicionalmente, famílias locais presenteiam-se umas às outras com o bolo. O Centro de Memória Morro Velho através de fotos, utensílios e de sua própria construção, transmite a história da mina, dos imigrantes e da cidade.

A data de 5 de fevereiro de 1891 marca a emancipação do município, denominado então Villa Nova de Lima, em homenagem ao ilustre historiador, poeta e político Antônio Augusto de Lima. Apenas em 1923 Nova Lima recebeu o nome que permanece até hoje.

Rio Acima

Tem toldo em Rio Acima, você sabia?

Possui diversas cachoeiras e nascentes. É a única cidade mineira com 100% do território localizado dentro da APA Sul – área de proteção ambiental que comporta 14 municípios da Grande BH.

Em sua divisa com Itabirito, encontra-se um dos mais relevantes trechos da Estrada Real. Trata-se da estrada que fazia a ligação entre Santa Bárbara e Ouro Preto através da única passagem na serra do Espinhaço. Esta passagem é um local conhecido como “Bocaina” e está localizado na serra do Gandarela, que faz parte da serra do Espinhaço. Sendo a única passagem para a Serra do Ouro Fino (Sta Barbara), os escravos fugitivos, na época do império, armavam ciladas para as tropas reais em busca de ouro, armas, animais de carga e suprimentos.

O então governador da província, Visconde de Barbacena, seguindo ordens de Portugal, construiu uma base para garantir a passagem onde hoje é conhecido como a “Fazenda da Casa de Pedra”.

Alphaville

Tem toldo em Alphaville, você sabia?

O empreendimento Alphaville Lagoa dos Ingleses foi inaugurado em Nova Lima em 1998. Ele foi executado pelas empresas Alphaville Urbanismo e Lagoa dos Ingleses Urbanismo. Possui estrutura correspondente a uma pequena cidade, totalmente planejado e ordenado.

Em uma área de 4,3 milhões de metros quadrados, estão 6 áreas residenciais unifamiliares (Inconfidentes, Real, Arvores, Minas, Flores e Península dos Pássaros), 1 área residencial multifamiliar (Lumière, Mirante do Sol e Town Houses), 1 área comercial (Alphaville Mall), 1 área empresarial, 1 área de comércio e uso múltiplo (Fundação Dom Cabral, Hotel Caesar Business, Colégio e Minas Tênis Náutico).