Toldos em lona

Toldos em lona

Toldos em lona

A origem do toldo em lona se funde à própria história da civilização. Muito utilizado pelos povos do oriente, as tendas, como eram conhecidas na época, serviam como abrigo no deserto, onde a temperatura varia extremamente entre o dia e a noite.

Na Europa, as tendas foram adaptadas por artesãos da época, ganhando aos poucos a forma de toldos – parecidos com os que conhecemos hoje – em que os revestimentos íam desde pele de carneiro até tecidos nobres, como o linho.

Nos toldos em lona atuais, o aço carbono e o alumínio substituíram a madeira na estrutura e o laminado sintético (trama de poliéster entre camadas de PVC emborrachado), juntamente com a lona acrílica, substituíram os tecidos a base de algodão, que ainda eram utilizados até quatro décadas atrás. Foram aos poucos ganhando mais utilidade, cobrindo áreas cada vez maiores e atualmente são desenvolvidos também como uma opção para coberturas móveis.

Com grande tradição no segmento de toldos em BH e no estado de Minas Gerais, a Toldos Gerais traz como diferencial a postura de parceira do cliente, orientando e disponibilizando diversos modelos de toldos em lona, totalmente personalizados e com um rigoroso controle de qualidade.

→ Solicite um Orçamento

 

Características do Revestimento

Por questões de polivalência e baixo custo, o laminado sintético é o revestimento mais utilizado nos toldos em lona e é encontrado em três níveis crescentes de transparência: com fundo gelo, dupla face e poli light, onde os dois primeiros são mais utilizados para “quebrar” o sol e o último em toldos e coberturas que demandam uma maior luminosidade natural.

Traz na composição propriedades anti-UV, antimofo e autoextinguível sob ação de chamas. No quesito durabilidade, o tempo pode variar entre 5 e 8 anos, dependendo do grau de exposição ao sol e da gramatura utilizada.

Toldos Gerais - Cartões